Seguro Agrícola

Seguro Agrícola: Entenda melhor e preserve sua lavoura

Os fatores climáticos são determinantes para o sucesso da produção agrícola, eles podem trazer resultados extremamente positivos ou negativos para os negócios. O seguro agrícola pode diminuir as perdas e prejuízos quando fenômenos climáticos não cooperarem com os agricultores.

O mercado de seguro agrícola se encontra aquecido, e isso pode ser muito bom para os produtores que pensam em contratar o produto. Confira abaixo algumas informações relevantes sobre seguro agrícola:

O que é seguro agrícola?

É um tipo de serviço que protege o agricultor de possíveis perdas ocasionadas por fenômenos climáticos que prejudicam as lavouras seguradas, ele pode ser oferecido por seguradoras. O serviço protege o produtor caso ocorram chuvas em excesso, tromba d’água, ventos fortes e/ou frios, granizo, seca, geada, entre outros fenômenos que podem acarretar prejuízos para o segurado.

A cobertura pode variar entre as seguradoras, porém o objetivo do produto é sempre proteger o produtor de possíveis perdas decorrentes de fatores climáticos que prejudicam a produtividade do segurado. O seguro agrícola garante o valor investido na lavoura para que o produtor possa dar continuidade aos seus negócios, oportunizando que ele se recupere mesmo em um cenário desfavorável.

Como funciona?

Atualmente os seguros agrícolas se dividem em algumas modalidades como por exemplo seguro para grãos, seguro para hortas e seguro para pomares. Ele pode se dividir em três tipos de seguros:

Custeio: Tipo que cobre os custos de produção da cultura segurada;

Produtividade: Cobre os custos de produção e a expectativa de produtividade. É o tipo de seguro agrícola mais contratado no país;

Receita: Garante os custos de produção, a expectativa de produtividade e também a variação de preço que o produto sofre durante o período de vigência do contrato.

É importante evidenciar que algumas seguradoras não cobrem perdas e/ou prejuízos em áreas irrigadas.
As principais culturas de grãos do Rio Grande do Sul são cobertas pelas seguradoras (soja, milho, trigo e arroz), mas também é possível contratar seguro para plantações de tomate, banana e uva, além de florestas e culturas perenes (como café e cana de açúcar).

Como contratar?

O agricultor que possui interesse em contratar seguro agrícola pode se dirigir até uma corretora de seguros que possua o produto que atenda suas necessidades, tendo bem claro em sua mente o tipo de lavoura e o tamanho de seu empreendimento. Para efetuar a contratação de seguro agrícola o produtor precisa pagar um valor de contratação, denominado como prêmio do seguro. O valor do prêmio pode variar de 3% a 15% do custo de produção, dependendo da cultura e região onde o produtor cultiva sua lavoura.
A Creditá possui um produto que pode ajudar muito o produtor rural na hora de efetuar o pagamento do prêmio do seguro, saiba mais informações entrando em contato com um de nossos consultores.

O seguro agrícola é um produto que traz muita segurança ao produtor rural quando comparamos os riscos que ele corre em desenvolver sua atividade com o pagamento do valor do prêmio. Ele pode ser um fator importantíssimo no momento em que uma financeira avalia a viabilidade de conceder crédito, visto que o agricultor teve a visão de se preparar e se estruturar para possíveis perdas, além de proporcionar segurança e estabilidade para o produtor segurado.

Newsletter

    Redes Sociais